Como explicar a saída do último emprego na entrevista

COMPARTILHE
Como explicar a saída do último emprego

Responder a pergunta “Por que você deixou seu último emprego” nem sempre é fácil, e o que deixa muitos candidatos nervosos é que essa questão é muito comum nas entrevistas de emprego.

Confira algumas dicas de como explicar a saída do último emprego na entrevista e aumente suas chances de contratação.

Explicando a saída do último emprego

Saber responder as perguntas na entrevista de emprego é muito importante, pois é através das suas respostas que o recrutador poderá avaliar se você atende ou não aos requisitos necessários para a vaga.

Deixar de responder alguma pergunta ou transmitir insegurança em alguma resposta poderá causar uma má impressão ou falta de preparo em sua entrevista.

Parece óbvio mas para explicar com clareza, você precisa saber porque saiu do último emprego. Foi por justa causa? Você pediu demissão? Estava feliz com o trabalho? Não se sentia bem com o emprego?

Defina exatamente os motivos que levaram a sua saída da empresa, independente do que seja.

Esteja ciente que o recrutador pode questionar o seu último empregador a fim de saber o motivo da sua saída, então nem pense em mentir.

O mais importante ao explicar os motivos que levaram ao desligamento é utilizar argumentos lógicos, exemplos reais e provar que a saída ocorreu em bons termos.

O recrutador só quer realmente saber se o seu desligamento anterior oferece algum risco nessa futura contratação. Então, é fundamental deixar claro que não há nenhum risco em relação aos motivos que levaram à sua demissão passada.

Recrutador durante entrevista de emprego
Se você foi demitido no último emprego, deixe claro para o recrutador que você aprendeu com suas experiências e demonstre seu potencial para a vaga que está concorrendo.

Ao informar o motivo, os recrutadores avaliam principalmente casos de demissão por justa causa, abandono de emprego, demissão compulsória, entre outros tipos de desligamento de emprego.

Esses são os casos que mais despertam preocupação nos recrutadores, por isso, é importante saber explicá-los corretamente.

Veja a seguir algumas dicas do que fazer e não fazer ao explicar a saída do último emprego na entrevista.

Não fale mal do antigo empregador

Não importa se o empregador foi o responsável por sua demissão, esse não é o momento certo para desabafar. Na entrevista seja cordial, respeitoso e não fale, em momento algum, mal do seu antigo empregador.

Você pode e deve relatar suas experiências na empresa, porém, sem denegrir a imagem da mesma.

Essa postura se chama profissionalismo, e os recrutadores irão observar se você conserva esse conceito.

Além disso, os candidatos que mais chamam a atenção dos recrutadores são aqueles que apresentam comportamento positivo e motivação.

Os candidatos com perfil negativo, críticos e ásperos, na maioria das vezes não se classificam.

Veja Também: Como superar a desmotivação no trabalho

Explique sua busca por novos desafios

A maioria dos candidatos afirma que a saída do último emprego ocorreu por causa da tal busca por novos desafios.

Embora isso pareça atrativo e de fato prenda a atenção do recrutador, é importante esclarecer esse argumento.

Essa resposta pode soar como um candidato que muda rapidamente de interesse e isso não é algo bom para os empregadores. Eles querem profissionais que atuarão com eles por um bom tempo e não querem se preocupar com funcionários que mudam de emprego constantemente.

Se você saiu porque precisava buscar novos desafios, explique essa situação mostrando que você é uma pessoa proativa e que seu antigo emprego não proporcionava as condições necessárias para seu crescimento profissional.

Veja Também: Como desenvolver seu marketing pessoal

Não jogue a culpa para a rotina de trabalho

Quase todos os empregos possuem suas dificuldades. Saber lidar com elas é o que faz a diferença entre os funcionários.

Se você saiu do seu último emprego por dificuldades na rotina, como horário, localização, entre outras, é preciso deixar claro que a rotina não foi inteiramente culpada.

Afinal, foi você quem aceitou essa rotina desde o início, então é injusto jogar a culpa nela.

O ideal nesse caso é mostrar que você se prontificou a encarar a rotina de trabalho na empresa, mas que não deu conta por algum motivo.

Lembre-se apenas de não criticar sua antiga empresa, esse não é o momento certo para fazer críticas. O mais importante é mostrar que você possui uma visão clara do que quer atualmente e das atividades que está disposto a realizar.

Veja Também: Como fazer uma carta de apresentação

Aposto que com todas essas dicas ficará mais fácil explicar sua saída do último emprego na entrevista.

Deixe nos comentários quais situações você já passou ao responder essa pergunta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *