O que é e como desenvolver a Liderança Empática

COMPARTILHE
Liderança empática

Uma habilidade inesperada que pode ser a peça chave para uma gestão e liderança mais eficazes, trata-se da empatia.

Gerentes empáticos são vistos como os que apresentam melhor desempenho em seus cargos, especialmente em certas culturas.

Como não é um traço fixo, a empatia pode (e deve) ser aprendida por líderes em todos os lugares, já que líderes empáticos são ativos e muito importantes para suas organizações.

Liderança e empatia

Sabemos que as empresas precisam aprimorar as estratégias tradicionais de desenvolvimento de gestão.

É necessário considerar as habilidades necessárias para aumentar as chances de sucesso. Por isso, uma das habilidades primordiais é a empatia.

A maioria das teorias de liderança sugere que a capacidade de ter e demonstrar empatia é uma parte importante da liderança.

Além disso, a empatia também é uma parte fundamental da inteligência emocional.

Sabendo que os líderes de hoje precisam ser mais focados nas pessoas e serem capazes de trabalhar com aqueles que nem sempre estão no mesmo ambiente de trabalho, a empatia pode ser um diferencial.

Por isso, neste artigo você poderá conhecer mais sobre a liderança empática e algumas dicas de como desenvolvê-la. Vamos lá?

O que é liderança empática?

A liderança empática é um tipo de liderança onde o líder se coloca no lugar dos outros e usa a empatia em sua relação com as pessoas.

No ambiente empresarial, a empatia permite que você saiba se as pessoas que você está tentando alcançar foram realmente alcançadas.

Inclusive, ela permite que você preveja o efeito que suas decisões e ações terão sobre os principais públicos e crie estratégias de acordo.

Portanto, sem empatia, você não pode construir uma equipe ou nutrir uma nova geração de líderes. Tampouco, você não vai inspirar seguidores ou obter lealdade.

Veja Também: Como desenvolver o autoconhecimento

Além disso, a empatia é essencial nas negociações e vendas, uma vez que ela permite que você conheça os desejos do seu alvo e quais riscos eles estão ou não estão dispostos a correr.

Por que desenvolver a liderança empática?

A empatia cria vínculos

Quando você se preocupa com outra pessoa, você cria um vínculo forte com ela. Portanto, você se torna capaz de se conectar e compreender seus interesses e perspectivas.

Você consegue imaginar o poder de suas equipes, de seu negócio, de sua liderança com os laços entre eles fortalecidos pela empatia? Por isso, essa habilidade é tão valiosa.

A empatia dá uma visão mais ampla

É importante lembrar que aquilo que imaginamos é diferente do que está na mente das outras pessoas.

É apenas ouvindo atentamente os outros que você pode começar a compreender essas diferenças. Quando você ouve, você aprende e, quando aprende, ganha um insight.

Existe uma história por trás de cada pessoa e uma razão pela qual elas são do jeito que são. A empatia permite que você pense antes de julgar e fazer suposições.

A empatia orienta a compreensão

Nem sempre é fácil entender por que alguém se sente ou pensa de uma maneira diferente da nossa. As pessoas costumam reagir de maneiras surpreendentes, e isso pode deixá-lo sem noção sobre como responder a isso.

Mas, com empatia em seu kit de ferramentas de liderança, você não precisa se preocupar em como responder, porque o objetivo não é responder, mas ouvir e compreender.

A empatia permite que você compreenda os outros sem fazer julgamentos ou fazer suposições.

A empatia aprimora as habilidades das pessoas

Demonstrar empatia é difícil, leva tempo e esforço para mostrar consciência e compreensão. Quando se trata de formar equipes e ganhar confiança, você precisa se interessar pelas pessoas, para mostrar que se importa.

Você deve mostrar curiosidade fazendo perguntas sobre seus desafios, suas famílias e suas aspirações. Ao fazer isso, você cria empatia – e aprimora suas habilidades pessoais.

Dicas para desenvolver a liderança empática

Os líderes devem desenvolver a capacidade de demonstrar empatia para melhorar seu desempenho e eficácia.

Então, como podemos aprender a ser mais empáticos?

1. Dedique-se ao outro

Dar tempo e atenção aos outros estimula a empatia, o que, por sua vez, melhora seu desempenho e sua eficácia.

2. Saiba ouvir

Quando um gerente é um bom ouvinte, as pessoas se sentem respeitadas e a confiança pode crescer.

Procure ouvir o significado por trás do que os outros estão dizendo e seja um ouvinte ativo.

3. Incentive a si mesmo à aceitação genuína de perspectivas

Para os gerentes, isso inclui levar em consideração a experiência pessoal ou a perspectiva de seus funcionários.

4. Cultive a compaixão

Vá além da declaração de valores padrão da empresa e dê tempo para reflexão e resposta compassivas.

5. Desenvolva sua inteligência emocional

Essa habilidade inclui reconhecer, entender, compreender e avaliar como cuidamos das nossas emoções e as dos outros.

Então, ela incorpora elementos da empatia e se torna um fator fundamental de ser aplicado.

6. Aplique estratégias boas e coerentes

Significa que você, como um bom líder, deverá atuar pensando no bem-estar de seus colaboradores e nos resultados da empresa.

Por exemplo, pense no atual cenário que estamos vivendo, você concorda que seria coerente equilibrar a quantidade de trabalhos para que não sobrecarregue os membros da equipe?

Muitos podem estar em home office tendo que lidar com o ambiente doméstico e volume de trabalhos da empresa. Um líder empático deve saber manter o equilíbrio sempre.

Agora que você sabe o que é uma liderança empática e como desenvolvê-la, que tal começar a colocar em prática hoje mesmo?

Você irá perceber uma grande melhora no fluxo de trabalhos, terá menos estresse na hora de gerir pessoas e consequentemente obterá resultados positivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *