Início » Currículo » Currículo Interativo: saiba o que é e veja como fazer passo a passo

Currículo Interativo: saiba o que é e veja como fazer passo a passo

Imagem de profissional criando currículo interativo

Um currículo interativo é uma excelente maneira de se destacar com criatividade e chamar a atenção dos recrutadores.

Muito mais que uma versão digital do currículo em papel, o formato interativo oferece uma melhor organização das informações. Sem falar na facilidade que o recrutador tem para entrar em contato com o candidato.

Entenda como funciona, as vantagens e veja como criar um currículo interativo passo a passo.

O que é currículo interativo?

O currículo interativo é um formato de currículo criado em meio digital onde o recrutador pode interagir com o conteúdo apresentado pelo candidato.

A principal vantagem do formato é a facilidade que o recrutador tem para verificar os tópicos específicos da vaga.

Assim como acontece no CV tradicional, no currículo interativo o candidato pode incluir o objetivo profissional, dados de contato, experiências profissionais, formação acadêmica e cursos.

Ou seja, tudo que você colocaria em um currículo normal feito no Word, você pode incluir na versão digital.

Para quem é recomendado o currículo interativo?

Esse formato em forma de site é mais recomendado para pessoas com profissões ligadas à internet. Por exemplo, programador, designer gráfico, profissionais de marketing digital, etc.

Mas se você trabalha em outra área, também é possível usar o formato interativo.

Na verdade, pode ser uma ótima ideia ter a versão tradicional e uma versão interativa.

Vantagens do currículo interativo

O currículo interativo apresenta várias vantagens em relação ao currículo tradicional.

Uma delas e talvez a mais importante é a facilidade que o recrutador tem para entrar em contato com o candidato.

Além disso, a leitura é mais agradável. E isso ajuda a prender a atenção do recrutador nas informações relevantes para a vaga.

Afinal, o recrutador pode verificar rapidamente os pontos mais relevantes.

Veja Também: Dicas para melhorar seu currículo

Para profissionais que trabalham com conteúdo, tecnologia ou design, a possibilidade de adicionar o portfólio é uma grande vantagem.

Isso pode aumentar consideravelmente as chances do candidato, já que o recrutador pode comprovar os conhecimentos e habilidades facilmente.

Dicas para você fazer um currículo interativo

Agora que você já sabe o que é um currículo interativo, chegou a hora de montar o seu.

Veja as dicas:

1. Organize as informações

Seja na versão física, em Word, PDF ou online, o currículo deve ser organizado e apresentar informações relevantes para a vaga.

Por isso, a maneira como você organiza suas informações é essencial para aumentar suas chances.

Veja um exemplo de como estruturar as informações no currículo interativo:

  • Informações pessoais: nome e dados de contato.
  • Objetivo profissional: fale qual seu objetivo profissional, relacionando à vaga.
  • Experiência profissional: inclua as últimas experiências profissionais que são relevantes para o cargo que você deseja ocupar.
  • Formação: fale sobre sua formação acadêmica, incluindo cursos e especializações.
  • Habilidades: aqui você pode incluir uma lista de suas habilidades mais relevantes.
  • Informações complementares: aqui você pode mencionar certificações, prêmios, publicações, palestras.
  • Portfólio: se você atua numa área criativa, inclua alguns projetos importantes que façam sentido para a vaga.

Ou seja, tudo aquilo que você inclui no currículo tradicional, você pode inserir na versão digital.

As mesmas regras do currículo tradicional valem no formato interativo. Por exemplo, quando incluir as experiências profissionais, formação e cursos, liste da mais recente para a mais antiga.

Se você tem pouca experiência ou está buscando o primeiro emprego, utilize recursos para destacar o que você aprendeu no estágio ou em atividades como trabalho voluntário, projeto acadêmico, etc.

2. Use um bom modelo

Antes de inserir suas informações, é interessante escolher um bom modelo para o seu currículo.

Pense na fonte, cores e o formato básico em que você vai apresentar seu perfil profissional.

Você pode ser mais criativo e utilizar recursos visuais para destacar as informações mais importantes.

Por exemplo, o recurso de linha do tempo pode ser interessante para mostrar suas experiências.

Mas ainda que o formato interativo fuja do tradicional, o ideal é não exagerar na criatividade.

Assim, você não corre o risco de prejudicar o conteúdo que será apresentado.

3. Inclua apenas o necessário

Não adicione informações desnecessárias no currículo interativo. Foque no que importa para a vaga.

Se o recrutador não encontrar facilmente as informações que interessam para a vaga, seu currículo será descartado.

Uma prática bem aceita no mercado é manter o currículo com apenas uma página. Na versão online, você até pode incluir mais informações, como por exemplo, projetos realizados.

Mas não exagere! Nenhum recrutador gosta de perder tempo lendo currículo muito extenso.

Então, para ser mais objetivo, você não precisa incluir as seguintes informações no currículo interativo:

  • Endereço completo (inclua apenas a cidade e estado).
  • Idade, estado civil, documentos.
  • Pretensão salarial (só mencione no contato com o recrutador ou se for solicitado na descrição da vaga).
  • Cursos sem relação com sua área de atuação.
  • Experiências profissionais sem relação com seu objetivo de carreira ou vaga.
  • Soft skills (melhor focar nas competências técnicas).

4. Adicione links para conteúdos extras

Para não prejudicar a objetividade, você pode incluir links para outros conteúdos.

Essa é uma maneira de incluir mais informações sem poluir o currículo.

Por exemplo, se você foi líder em um projeto importante, mencione isso no currículo e crie um link para uma página específica que mostra mais detalhes.

O mesmo vale para prêmios que você conquistou, eventos em que foi palestrante, notícias, currículo lattes, etc.

Os links para conteúdos externos são uma ótima oportunidade para mostrar seu potencial.

Não esqueça de incluir um link para o seu perfil no LinkedIn.

5. Mantenha seus contatos atualizados

Para não perder nenhuma oportunidade, é essencial manter seus dados de contato atualizados.

Inclua seu número de telefone celular, seu WhatsApp e um endereço de e-mail.

Evite usar e-mails complicados. O melhor é usar variações do seu nome e sobrenome. Dessa forma, fica fácil para o recrutador entrar em contato com você.

6. Evite usar recursos que tomem tempo do recrutador

Os recrutadores gastam poucos segundos para decidir se um currículo é interessante para a vaga ou não.

Por isso, evite usar recursos que tirem o foco do recrutador, como animações, várias páginas, muitas imagens e emojis.

O ideal é deixar as informações importantes para que o recrutador possa entender seu perfil profissional e seu objetivo.

7. Use vídeo para fazer uma apresentação

Uma maneira interessante de se apresentar no currículo online é através de vídeo.

Você pode usar esse recurso para resumir sua experiência profissional e a sua formação acadêmica.

Além disso, você pode falar um pouco sobre os seus objetivos profissionais.

Então, se você gosta de fazer vídeos e consegue se comunicar bem dessa forma, pode ser uma boa ideia gravar.

Para isso, use um local com fundo neutro e sem barulho. Uma dica é usar uma roupa que você usaria no trabalho.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.