Como consultar tempo de contribuição no INSS

COMPARTILHE
Tempo de contribuição no INSS

Saber como consultar tempo de contribuição no INSS é muito importante para quem é contribuinte. Através dessa consulta, é possível saber quanto tempo de contribuição consta no INSS.

Assim, é possível se programar para a aposentadoria ou até mesmo acompanhar o pagamento da contribuição.

Portanto, se você ainda não sabe como consultar o tempo de contribuição no INSS, veja a seguir um passo a passo completo.

Por que é importante consultar tempo de contribuição no INSS?

A consulta do tempo de contribuição ou tempo de serviço no INSS, permite descobrir se todos os pagamentos estão em dia, quanto tempo de contribuição ainda falta para a aposentadoria, acompanhar se consta no INSS todas as contribuições realizadas, entre outras coisas.

Portanto, quem é contribuinte deve sempre consultar se o tempo de contribuição está correto.

Veja Também: Como fazer a carteira de trabalho digital

Também é possível realizar simulações para saber quando poderá dar entrada na aposentadoria.

Aliás, se for identificado algum registro em falta no INSS ou erro nas informações pessoais e de contribuição, é possível realizar a correção dessas informações para garantir o recebimento dos benefícios, incluindo a aposentadoria.

Como consultar tempo de contribuição no INSS?

Muitas pessoas têm as seguintes dúvidas: como consultar tempo de serviço no INSS, como saber quanto tempo de carteira assinada eu tenho, como ver o tempo de serviço no INSS, entre outras.

Isso ocorre porque, mesmo com mudanças recentes, o sistema de informação para saber o tempo de contribuição no INSS ainda é pouco intuitivo.

Veja Também: Como receber o seguro-desemprego

Portanto, para você tirar essas e outras dúvidas sobre como consultar tempo de serviço no INSS, veja a seguir o passo a passo.

Cadastrando no Meu INSS

  1. Acesse meu.inss.gov.br usando um navegador de internet ou baixe e instale o aplicativo Meu INSS na Play Store ou na App Store;
  2. Faça um cadastro informando CPF, nome, data de nascimento, naturalidade e nome da mãe. Ao longo do cadastro, responda algumas perguntas para confirmar a sua identidade;
  3. Feito o cadastro, clique na opção “Extrato de Contribuições” para ter acesso ao histórico de todas as suas contribuições, incluindo as que foram por vínculo empregatício e aquelas que foram pagas por conta própria;
  4. Se for identificado a falta de determinado registro previdenciário, você deverá procurar documentos que confirmem a contribuição e solicitar a correção desse erro, nesse caso, é recomendado ligar para 135.

Consultando o tempo de contribuição

  1. Clique na aba “Simular Aposentadoria”;
  2. Selecione uma das opções “aposentadoria por idade” ou “por tempo de contribuição”;
  3. Você poderá observar que o sistema já informará as datas de entrada e saída de cada um dos empregos ou ainda o tipo de vínculo estabelecido com o INSS, para aqueles que realizaram a contribuição por conta própria;
  4. Se faltar algum vínculo com o INSS, é possível incluir as informações manualmente, assim como os valores pagos com a contribuição;
  5. Ao terminar o preenchimento das informações, clique na opção “Calcular” e você já terá o tempo de contribuição definido em anos, meses e dias, além da informação se você possui direito à aposentadoria.

Com esse passo a passo, é possível conferir o histórico de todas as contribuições previdenciárias do INSS e acompanhar o registro de cada pagamento.

Além disso, você pode consultar se já possui direito à aposentadoria ou o tempo que ainda falta para contribuir.

Veja Também: Como solicitar o cartão cidadão

Contudo, é importante que você saiba que o simulador não garante que você tem direito à aposentadoria, pois é preciso comprovar os registros de contribuição.

Sendo assim, para solicitar sua aposentadoria não se esqueça de todos os documentos necessários após conferir que o tempo de contribuição ao INSS já foi atingido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *