Início » Carreira » Saiba o que fazer quando seu chefe implica com você

Saiba o que fazer quando seu chefe implica com você

Ilustração de chefe implicante

Lidar com um chefe que implica e trata mal as pessoas não é uma tarefa fácil e pode desencadear uma série de sentimentos negativos.

A verdade é que esses casos são difíceis de ignorar. Em algumas situações se torna impossível não levar para o lado pessoal.

Mas o que fazer quando o chefe implica com você? Existe uma maneira de lidar com essa situação ou é melhor procurar outro emprego. Continue lendo e descubra.

O problema em ter um chefe implicante

Mesmo que tudo esteja indo bem no trabalho, pode chegar determinado momento em que você e seu chefe discordem e o clima começa a ficar ruim.

Mas a forma como você lida com a situação pode afetar seu futuro no trabalho ou até mesmo as suas perspectivas de carreira a longo prazo.

Lidar com hierarquias faz parte do cotidiano em todo o ambiente de trabalho. No entanto, algumas pessoas, quando estão no topo da hierarquia, utilizam seus poderes para uma série de abusos contra seus funcionários.

Parece até estranho dizer, mas infelizmente existem casos de chefes que gostam de provocar ira, medo, frustração. O resultado é um clima ruim entre a equipe.

Um chefe implicante pode acabar com a motivação de qualquer profissional, tornar o trabalho desgastante e até prejudicial para a saúde.

Como saber se seu chefe não gosta de você

Ter um chefe satisfeito significa ter uma semana realizada e divertida de trabalho.

Todo profissional deseja ser bem visto pelo chefe. Afinal, são os gestores que tomam decisões sobre promoções, aumentos de salário e avaliam o desempenho dos funcionários.

Para saber se o seu chefe não gosta de você, basta observar se ele nunca está feliz com o seu trabalho, jamais aceita suas ideias e isola você do restante da equipe.

Na maioria das vezes ele não se preocupa em conversar ou dar feedback, apenas críticas.

O pior é que em alguns casos, o bom desempenho do funcionário pode ser o motivo da implicância do chefe. A razão é que ele pode se sentir ameaçado, e por isso implica com você.

Portanto, alguns sinais de que seu chefe não gosta de você são:

  • Ele questiona suas ações;
  • Envia e-mails super concisos;
  • Sua linguagem corporal é negativa;
  • Ele deixa de oferecer feedback;
  • Ele reduz sua carga de trabalho sem um motivo aparente;
  • Mantém você isolado.
Miranda Priestly
Um chefe implicante sempre critica ou repreende tudo que o funcionário faz. Ele raramente faz algum elogio ou reconhece as realizações profissionais do colaborador.

O que fazer quando seu chefe implica com você?

Então seu chefe não gosta de você? As consequências desse comportamento podem ser inúmeras.

Primeiro, os funcionários tendem a enfrentar níveis elevados de estresse. Isso leva à ansiedade e cria um ambiente de trabalho desconfortável. Em algumas situações o pânico domina.

Além disso, a autoestima que é atrelada ao trabalho ou a você mesmo pode acabar abalada.

Veja Também: Tipos de chefe que você poderá encontrar na carreira

Mas independentemente da razão pela qual o seu chefe implica com você, o ideal é determinar a melhor forma de lidar com isso.

Isso se torna mais verdadeiro se buscar um novo emprego não for uma opção tão simples.

Veja algumas dicas para lidar com essa situação.

1. Saiba se a mudança ocorreu apenas com você

Seu primeiro passo é descobrir se o chefe está agindo de forma diferente somente com você ou também com outros funcionários.

Preste atenção na forma como outras pessoas estão sendo tratadas. Uma dica é perguntar aos alguns colegas de trabalho em quem você confia se eles notaram alguma mudança com eles também.

Se notar que ocorreu apenas com você, agende uma reunião com seu chefe. Segundo especialistas, compartilhar feedback é uma tarefa bastante difícil para os gestores.

Por isso, ter um funcionário que toma a iniciativa pode ser um grande alívio para o chefe.

2. Seja proativo e comunicativo

Busque entender o que já foi realizado, que progresso está sendo feito e onde você precisa mais de apoio.

Sobretudo, pergunte se há outras coisas que você deve priorizar. Então, envie ao seu chefe um resumo semanal do seu trabalho. Isso o deixará informado de seu progresso.

E, ainda que a comunicação possa parecer estranha no início, um bom chefe sempre ficará feliz em ajudá-lo a aprender e a crescer.

3. Seja responsável e diligente

Além disso, se você cometeu um erro ou há uma razão para seu chefe não estar mais confiando em seu trabalho, você precisa ganhar a confiança dele de volta.

Portanto, quando você for enviar ou apresentar algo, seja cauteloso e responsável. Certifique-se de incluir toda informação que puder e detalhe cada passo.

Ou seja, antecipe todas as respostas das perguntas possíveis que você sabe que seu chefe pode fazer.

Além disso, tenha um cuidado especial com a pontualidade e o cumprimento dos deadlines.

Infelizmente a confiança pode levar muito tempo para ser construída (ou reconstruída), mas é uma tarefa possível se você for diligente.

4. Evite confrontos com o chefe

Manter o diálogo é sempre uma das melhores formas de se solucionar problemas. Mas há algumas situações em que isso acaba mais atrapalhando do que ajudando.

Por exemplo, no caso de um chefe ruim, que trata mal seus funcionários, o confronto direto nunca é uma saída.

Seja para questionar o comportamento dele ou para tentar melhorar a situação entre vocês, evite o confronto.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.