Empatia na liderança: saiba como desenvolver

Imagem que ilustra a empatia no trabalho

A empatia na liderança é uma habilidade que não pode ser subestimada. Na verdade, a empatia deveria ser considerada uma característica essencial de qualquer líder.

Ela traz inúmeros benefícios, que não só possibilita um bom clima organizacional, como também pode alavancar os resultados de uma empresa.

Por isso, nesse artigo vamos tratar sobre a importância da empatia na liderança e como você pode desenvolver essa habilidade e se tornar um líder empático. Confira!

O que significa empatia?

A empatia é a capacidade de entender e ser sensível aos sentimentos, pensamentos e ações de outra pessoa.

Em síntese, significa ser capaz de se colocar no lugar de outra pessoa. Ou seja, imaginar como essa pessoa se sente em certas situações e entender o motivo de um comportamento. Tudo isso, sem fazer julgamentos.

A importância da empatia na liderança

A liderança empática significa ter a capacidade de entender as necessidades dos outros e estar ciente de seus sentimentos e pensamentos.

Entretanto, essa é uma habilidade que, por vezes, tem sido subestimada em muitas empresas. Principalmente quando se trata de indicadores de desempenho.

Portanto, os líderes que desejam obter sucesso, devem ser mais “focados em pessoas”. Ou seja, na gestão de pessoas.

Além disso, devem ser capazes de trabalhar bem com diferentes perfis de profissionais, equipes, departamentos, países e origens.

Por isso, essa é uma das habilidades de liderança mais importantes. Afinal, a empatia no local de trabalho está positivamente relacionada ao desempenho de projetos.

Em outras palavras, gestores que praticam liderança empática, alcançam melhores resultados no trabalho.

A capacidade de ser compassivo e de se conectar com os outros é algo fundamental para nossas vidas. Tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Mas, demonstrar empatia no local de trabalho não é só uma parte fundamental da inteligência emocional e da eficácia na liderança.

Na verdade, isso também melhora as interações humanas em geral. Além disso, pode levar a uma comunicação mais eficaz e a resultados positivos.

O que é um líder empático?

Um líder empático é aquele que tem um interesse genuíno na vida dos membros da equipe, nos desafios que enfrentam e em seus sentimentos em geral.

Esse tipo de líder faz um esforço para entender as diversas situações e o que as pessoas estão passando. Portanto, sua missão é oferecer apoio e ajuda.

No geral, um líder empático é aquele que tem carisma, além de interagir com os outros de uma forma transmite segurança e conforto.

As pessoas que trabalham com um líder empático são capazes de sentir uma conexão. Tudo isso com base na confiança.

O poder da empatia na liderança

Geralmente, quando se trata das chaves para uma liderança bem sucedida, a empatia muitas vezes é deixada de fora da lista. Mas isso é um grande erro.

Afinal, para um líder, ter empatia com sua equipe oferece uma série de vantagens:

  • A empatia faz com que as pessoas se sintam seguras com nossos fracassos, porque não serão simplesmente culpadas por eles.
  • Incentiva os líderes a entender a causa raiz por trás do fraco desempenho.
  • Ser empático permite que os líderes ajudem os colaboradores em dificuldades a melhorar e se destacar.
  • A empatia permite que os líderes construam e desenvolvam relacionamentos com aqueles que lideram.

Exemplo de empatia na liderança

Um grande exemplo de liderança empática é Silvio Santos, o dono do SBT.

Ele sempre demonstrou ser um líder em vários aspectos. Além disso, é admirado por colaboradores, empresários e por milhões de brasileiros.

Suas atitudes simbolizam várias características que devem existir numa liderança empática.

Por exemplo: humildade, convicção, mentalidade positiva, perseverança e bom humor.

Como desenvolver a empatia na liderança?

Agora que você já entendeu a importância da empatia na liderança, vamos ver como desenvolver esta habilidade.

Sim, a empatia é uma habilidade que pode ser desenvolvida. Para isso, basta seguir algumas dicas e por em prática no seu dia a dia.

1. Seja inclusivo

Se você quer que os membros da sua equipe tenham responsabilidade, você deve incluí-los no processo de tomada de decisão.

Então, se você tiver o hábito de isolar pessoas, logo elas se tornarão desinteressadas. Ou seja, passam a acreditar que o desempenho delas não tem impacto nos resultados.

Por isso, considere maneiras de incluir as pessoas no processo de tomada de decisões.

Por exemplo, peça que compartilhem suas opiniões, seja através de feedback ou ideias de como melhorar e superar desafios juntos.

Outra boa maneira de ser mais inclusivo é trocar o “eu” por “nós”. Pode até parecer bobagem, mas funciona.

Na verdade, o ato de usar o “nós” em conversas do dia a dia é uma das melhores formas de fazer com que as pessoas se sintam envolvidas no processo. Não custa tentar, não é mesmo?

2. Ouça e responda com otimismo

A única maneira de sua equipe permanecer ao seu lado durante os períodos mais difíceis é se você aprender a ouvir.

Ter empatia significa, por vezes, ficar em silêncio e estabelecer limites nos momentos certos. Mas, também pode significar proporcionar espaços para discussões necessárias.

No entanto, não permita que sua equipe passe muito tempo focada em discutir sobre emoções negativas.

Ao invés disso, promova discussões honestas. Então, proporcione soluções que sejam positivas.

3. Seja acessível

Seja a pessoa que os outros enxergam como alguém que está lá para interagir com eles e ajudá-los no que for preciso.

Liderança empática está mais relacionada a ser uma pessoa que sua equipe pode procurar por orientação e ajuda.

Por isso, seja um verdadeiro suporte para os outros. Faça as pessoas se sentirem apoiadas.

4. Aprenda a ser flexível

Um líder empático é aquele que é capaz de se adaptar e validar as propostas e opiniões dos outros.

Por exemplo, se um membro da equipe tiver uma boa ideia, um bom líder deve ouvir. Então, se esta ideia pode trazer benefícios para o trabalho, ele deve levar essa ideia adiante.

5. Motive e capacite sua equipe

Em geral, uma equipe capacitada e motivada é altamente eficaz. Isso garante bons resultados.

Portanto, um líder empático faz com que os outros sintam que também têm voz ativa na equipe.

Com isso, ele incentiva os colaboradores a falarem, a serem inovadores, a participarem e assumirem novos desafios.

Esse tipo de líder também confia tarefas aos seus membros de equipe. Mas além de criar uma sensação de que o líder acredita neles, isso se torna uma forma de capacitação.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *