Veja como conseguir um trabalho temporário no final do ano

COMPARTILHE
Trabalho temporário de final de ano

Quando há um cenário de incerteza econômica ou maior demanda de mão de obra, as empresas abrem vagas para trabalho temporário.

Essa é uma ótima oportunidade para quem quer adquirir experiência ou mesmo deseja obter um emprego, mesmo que temporário.

Afinal, há uma estatística que aponta que 15% dos trabalhadores temporários são efetivados pelas empresas após o contrato.

Há ainda previsões de que em 2020 as vagas de trabalho temporário tenha um aumento de 28%, podendo chegar a 1,9 milhão na geração de emprego no país.

Ou seja, entender mais sobre o que é e como funciona o trabalho temporário é do interesse de muitos profissionais.

Por isso, a seguir você encontra mais informações sobre essa modalidade de trabalho.

O que é e como funciona o trabalho temporário?

O trabalho temporário é um tipo de contratação realizada pela empresa e prestado por pessoa física, onde o contrato de trabalho possui prazo específico para encerramento.

Esse tipo de contrato tem como finalidade atender a determinada necessidade de mão de obra da empresa.

Por exemplo, quando um colaborador precisa tirar férias e é necessário ter alguém na empresa para substituir o profissional.

Outros casos comuns de trabalho temporário são em períodos de maior demanda, como no final do ano, onde o comércio e a indústria contratam mais por causa das datas comemorativas.

O funcionamento deste contrato de trabalho é semelhante ao trabalho efetivo.

A grande diferença é que neste contrato, há um prazo específico para encerrar as atividades profissionais. Por exemplo, 1 mês, 3 meses, 6 meses, entre outros.

Ao final do contrato de trabalho, a empresa pode ainda oferecer o emprego efetivo para o profissional, caso seja interessante.

Vantagens de um trabalho temporário

Para o empregador o trabalho temporário é a solução perfeita para substituição rápida, adequar mão de obra a uma maior demanda temporária e ter maior flexibilidade quanto às leis trabalhistas.

Em resumo, o empregador obtém as seguintes vantagens:

  • Possibilidade de substituir facilmente um colaborador ausente;
  • Adequação da mão de obra conforme a demanda momentânea;
  • Flexibilidade na contratação;
  • Ausência de multa rescisória do FGTS após término do contrato;
  • Contratação de profissionais com conhecimento e experiência;
  • Economia de dinheiro e tempo para a contratação;
  • Possibilidade de contratar pessoas especializadas.

Já o empregado possui as seguintes vantagens em obter um trabalho temporário:

  • Facilidade em conseguir um emprego temporário;
  • Pré-requisitos menos exigentes;
  • Possibilidade de adquirir experiência rapidamente;
  • Possibilidade de conseguir um emprego efetivo por meio da vaga temporária;
  • Ideal para aqueles que buscam uma renda temporária, sem afetar planos futuros;
  • Grande oportunidade para fazer networking, conhecer novas pessoas e estabelecer contatos profissionais.

Qual o melhor período para conseguir um emprego temporário?

O mais comum é que você encontre maior oferta de emprego temporário a partir do segundo semestre do ano.

O período entre setembro e outubro costumam ser de muita contratação, já que ele visa adquirir mão de obra para atuar ao longo do Dia das Crianças, Black Friday, Natal e Ano Novo.

Aliás, é neste período também que os trabalhadores recebem o 13º salário e a renda aumenta consideravelmente.

Logo, essa é uma ótima oportunidade para que a economia seja movimentada e que vendas ou contratação de serviços ocorra.

Contudo, é importante lembrar que dependendo da situação econômica atual, essa demanda de emprego temporário pode ter seu período alterado.

Por exemplo, em 2020 houve maior contratação em regime temporário ao longo do ano todo, devido às incertezas econômicas.

Porém, você pode observar que anterior a determinada data comemorativa é comum que você encontre muitas vagas para emprego temporário, como um mês antes da Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, entre outros.

Veja Também: Saiba tudo sobre a carteira de trabalho digital

Setores que mais contratam no regime temporário

Há uma lógica quanto a contratação em regime temporário dentre os setores industriais, comerciais e de serviços.

Por exemplo, antes da data comemorativa quem mais contrata são as indústrias, com o intuito de produzir em larga escala.

Já próximo a data comemorativa, o comércio é quem mais contrata para atender a necessidade de atendimento e vendas.

Somente o setor de serviços que apresenta pouca variação nesse contexto. Mas podemos destacar que as principais contratações vão para as indústrias, comércios em geral e serviços que precisem de mão de obra temporária.

Sendo assim, temos áreas como TI, vendas, RH, saúde, finanças, varejo, produção industrial, entre outros.

Como preparar o currículo para o trabalho temporário

A principal diferença entre os currículos para emprego efetivo e temporário é que nesse último caso, o objetivo deve ter como foco adquirir conhecimento, experiência e suprir determinada necessidade da empresa, já que não é uma contratação efetiva.

Basicamente, o currículo precisa informar os dados pessoais, escolaridade, idiomas, qualificações profissionais e experiência profissional.

O ideal é que você identifique o perfil do profissional que a empresa deseja contratar e destaque características favoráveis a vaga em seu currículo.

Dicas para conseguir um trabalho temporário

As principais dicas para conseguir um emprego temporário são: definir um currículo específico para a vaga, encontrar as oportunidades e se preparar para a entrevista.

Contudo, veja mais dicas de como conseguir um trabalho temporário.

  1. Encontre as melhores oportunidades de trabalho temporário na sua área ou que exija conhecimentos e experiências que você possui;
  2. Procure alternativas menos competitivas para maximizar suas chances de contratação;
  3. Considere que o trabalho temporário poderá ser o início da sua carreira, então não aceite qualquer proposta;
  4. Crie seu currículo com base na oportunidade que deseja conquistar, analisando o perfil do profissional desejado pela empresa e suas próprias qualificações;
  5. Informe a última experiência profissional e destaque apenas experiências que forem relevantes para a vaga de trabalho;
  6. Procure por um trabalho temporário que esteja relacionado à sua carreira ou a determinado objetivo profissional;
  7. Mostre que você tem compromisso, empenho e está comprometido em suprir a demanda temporária;
  8. Peça indicações, recomendações e interaja com sua rede de contatos, isso auxiliará na descoberta por novas oportunidades temporárias;
  9. Aproveite essa oportunidade para aprender muito como profissional e adquirir experiência para sua carreira;
  10. Crie uma rede de contatos enquanto estiver em seu emprego temporário, isso permitirá encontrar novas oportunidades para sua carreira.

Em conclusão, se você seguir essas dicas terá mais chances de conseguir um trabalho temporário no final do ano, e quem sabe poderá transformar em um emprego efetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *