Autoconhecimento: O que é e como desenvolver

COMPARTILHE
Autoconhecimento

Pare agora e pense: você conseguiria se descrever para outra pessoa sem mencionar quaisquer fatores externos, como amigos ou família?

E você considera que se conhece o bastante para saber diferenciar seus verdadeiros desejos e necessidades?

Por isso, se você deseja conhecer as vantagens do autoconhecimento e como desenvolvê-lo melhor, continue lendo esse artigo.

O que é autoconhecimento?

O autoconhecimento trata-se de uma investigação de si mesmo, das próprias características, sentimentos e inclinações.

Essa autoanálise nada mais é do que um exercício que fazemos a partir de nós mesmos, pensando em:

  • Como nos sentimos e nos comportamos;
  • Quais são nossos defeitos e qualidades;
  • Pontos fortes e fracos;
  • O que nos deixa com raiva ou feliz.

Em outras palavras, o autoconhecimento, às vezes também chamado de autoconsciência ou introspecção, envolve a compreensão de nossas próprias necessidades, desejos, falhas, hábitos e tudo o mais que nos torna indivíduos singulares.

E por mais clichê que esse exercício possa parecer, saiba que ele é extremamente necessário para descobrirmos o quão autoconscientes somos como indivíduos.

Veja Também: Teste grátis para descobrir seu tipo de personalidade

Além disso, o autoconhecimento nos permite identificar quais decisões devemos tomar em cada área de nossa vida.

Qual a verdadeira importância do autoconhecimento?

Se o autoconhecimento não fosse importante, tantas pessoas não investiriam em coaching, outras não fariam meditação e os monges não teriam momentos sabáticos para autoreflexão.

A busca pela tomada de autoconsciência representa uma busca pelo nosso “eu” interior por completo e pelos nossos propósitos de vida, por aquilo que somos e podemos nos tornar.

Em outras palavras, quanto mais nos conhecemos, melhor nos adaptamos às mudanças da vida, aumentamos a capacidade de desenvolver nossas aptidões, de reconhecer nossos pontos fortes, bem como de identificar áreas onde gostaríamos de fazer melhorias.

Se permanecermos no escuro sobre nossas preferências, nossos principais pontos fortes e fracos, nossos valores e nossas esperanças para o futuro, dificilmente viveremos em sintonia com a vida.

Fora que, se não compreendermos nossas motivações e medos básicos, nós sempre seremos sacudidos por nossas emoções como pequenos navios à deriva, desamparados em um mar agitado.

Só quem conhece a si mesmo e seus próprios conflitos é capaz de compreender o outro de forma genuína, generosa e sem preconceitos.

Ou seja, a empatia nasce em nós a partir do momento em que passamos a refletir sobre a nossa existência e a do outro.

Além disso, o autoconhecimento é necessário para delimitarmos metas e objetivos. Pois, ele também serve para nos ajudar a aprender quais coisas se encaixam para nós ou não.

Nos diga, você já parou para pensar em como você irá encontrar o emprego perfeito, se não sabe o que está procurando?

Pessoas bem-sucedidas sabem com a plena convicção de qual caminho devem trilhar. Se você não souber onde quer chegar, qualquer caminho servirá e isso poderá te custar tempo e inúmeras perdas.

Veja Também: Como aplicar o Ikigai na sua carreira

Benefícios do autoconhecimento para a carreira

Muitas horas em nossas vidas fazem parte do tempo em que passamos trabalhando. Portanto, é claro que nos preocupamos com nossa carreira e gostaríamos de aproveitar o máximo do trabalho que fazemos.

Mas, a maioria das pessoas provavelmente irá dizer que encontrar um emprego adequado não é uma tarefa fácil.

Por exemplo, talvez você já saiba em qual área gostaria de trabalhar e quais tópicos são do seu interesse. Entretanto, na maioria dos casos, essa informação não seria suficiente para encontrar um emprego que se encaixa e que ao mesmo tempo considera satisfatório.

Aspectos importantes que você deve levar em conta ao procurar um emprego podem ser, por exemplo, se gosta ou não de trabalhar em equipe, qual a função que se enquadra melhor, saber que tipo de ambiente de trabalho gosta mais e ter a plena noção de suas qualidades.

Essas coisas o ajudarão a decidir se um trabalho se encaixa ou não em você como pessoa.

Seu autoconhecimento deve ser sua principal orientação ao tomar decisões como essas.

Ter um grande entendimento de seus próprios objetivos, motivações, pontos fortes e fracos permitirá que você faça escolhas que realmente se encaixam em você.

Isso vai te deixar uma pessoa muito mais feliz no final. E não se esqueça que as decisões na sua vida pessoal, fora do seu trabalho, também te influenciam e ajudam a te desenvolver.

Dicas para alcançar o autoconhecimento

Existem diversas maneiras de se obter o autoconhecimento, mas vale lembrar que não se trata de um processo fácil e tampouco existe uma fórmula mágica.

Fazer uma autoanálise é algo particular de cada um de nós e que requer muito esforço, dedicação e persistência diária.

Nós listamos algumas dicas práticas para você começar a treinar o autoconhecimento hoje mesmo.

Pergunte a si mesmo o porquê

Pense nas coisas que você gosta: por que você gosta delas? De onde vem o seu interesse, quando começou, por que você gosta tanto delas?

Elas estão relacionadas aos seus traços de caráter? Tente pensar sobre essas coisas e anote-as.

Isso irá te ajudar a visualizá-las melhor, bem como te obriga a traduzir seus sentimentos e pensamentos em uma linguagem clara e compreensível.

Faça uma lista

Faça uma lista com as coisas que você já gostou no passado e que gosta de fazer agora. Logo depois de terminar, dê uma olhada na lista: existem coisas que você poderia incorporar em sua vida de alguma forma?

Fazer listas também nos ajuda a lembrarmos de quem somos e onde queremos chegar.

Tente coisas novas e diferentes

Tentar coisas novas e diferentes definitivamente faz parte do processo de autoconhecimento. Afinal, de que outra forma você poderia saber se gosta de algo ou não, se nunca experimentou antes?

Portanto, ao tentar coisas diferentes (não apenas aquelas relacionadas ao trabalho) você aumenta a chance de encontrar algo que realmente se adapta a você.

Peça feedback

Pedir feedback aos outros pode ser extremamente útil e surpreendente às vezes. Peça para amigos, para familiares ou até mesmo para seus colegas de trabalho ou chefe.

Isso pode ser extremamente útil e te ajudar quando você tem dificuldade em pensar em suas habilidades, competências e fraquezas.

Embora você se conheça melhor do que ninguém, é bom estar ciente da maneira como os outros o veem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *