Início » Recolocação » Fatores que influenciam os recrutadores na escolha do candidato

Fatores que influenciam os recrutadores na escolha do candidato

Recrutadores analisando candidata a vaga de emprego

Você já se perguntou o que mais importa para um recrutador na hora de decidir qual candidato escolher? Será a experiência, a formação acadêmica ou o peso da indicação?

Se você acha que o peso da indicação é o fator mais importante, então você pensa como a maioria. Mas um estudo da consultoria Robert Half com a Fundação Dom Cabral (FDC) prova o contrário.

Veja a seguir o que é mais relevante para os recrutadores na escolha do candidato ideal para a vaga.

Fatores relevantes para os recrutadores na hora da contratação

De acordo com a pesquisa “Match Perfeito – o que buscam profissionais e recrutadores”, a experiência prévia do candidato (86%), o fit cultural (52%) e a indicação (33%) são os três fatores mais relevantes que os recrutadores consideram na hora de contratar.

Por outro lado, a disponibilidade para início do contrato (6%) e a disponibilidade geográfica do candidato (10%) não aparecem como primordiais.

A pesquisa foi realizada com 351 profissionais empregados, 349 profissionais desempregados e 714 recrutadores.

Confira a lista completa de fatores mais importantes:

  1. A experiência prévia do candidato (88%)
  2. A aderência com a cultura organizacional (62%)
  3. A formação acadêmica do candidato (36%)
  4. Ser indicado por pessoas relevantes no mercado ou na academia (31%)
  5. A expectativa salarial e seu enquadramento com as tabelas da empresa (26%)
  6. Candidatos que estejam trabalhando em outras empresas do setor (19%)
  7. Ser indicado por pessoas da empresa (17%)
  8. A disponibilidade geográfica (11%)
  9. A disponibilidade para início do contrato (5%)
  10. Outro (5%)

Experiência prévia é o fator mais importante na hora da contratação

Segundo a pesquisa, 88% dos recrutadores afirmaram que a experiência prévia é o fator principal na hora de decidir qual candidato deve ficar com a vaga.

A aderência a cultura da empresa fica em segundo, com 62%. E logo depois vem a formação acadêmica, com 36% das respostas.

Considerando apenas as grandes empresas, a experiência prévia se torna ainda mais importante. 89% dos entrevistados afirmaram que esse é o fator mais importante.

Importância do fit cultural

Pode ser uma surpresa para muitos profissionais, mas a cultura organizacional é um fator muito avaliado nas entrevistas.

Contar com profissionais que se adequem à cultura organizacional é importante não só para os resultados, mas também para o clima e motivação dos funcionários.

No lado do candidato, é importante que ele entenda de fato qual o projeto e desafio da empresa. Por isso, o candidato deve estar preparado para fazer as perguntas certas.

Durante a entrevista, fazer perguntas para o recrutador é uma indicação de que o candidato fez sua pesquisa e tem interesse genuíno pela vaga.

Com esse preparo, o profissional é mais capaz de fazer as conexões entre suas realizações, a cultura da empresa e os desafios da cadeira que quer ocupar.

A melhor forma de fazer isso é trazer exemplos práticos daquilo que você pode agregar para a empresa.

Saber se vender é essencial

Muitos candidatos não entendem o motivo por terem sido reprovados na entrevista, mesmo quando possuem experiência.

Mas é comum que a falha não esteja no currículo, e sim na forma como o candidato apresenta suas conquistas.

Ou seja, você não pode mudar a experiência profissional passada, mas a maneira como você fala da experiência pode influenciar a performance na entrevista.

Portanto, não existe uma fórmula mágica e a avaliação do recrutador depende de cada vaga.

Então, alguns exemplos que você deveria destacar na hora de falar sobre experiências profissionais são:

  • Saber mostrar o que é capaz de entregar ao contar sobre experiências passadas;
  • Mostrar como é seu processo de tomada de decisões;
  • Indicar ao recrutador que sabe delegar tarefas;
  • Mostrar como faz as avaliações e feedbacks de equipes;
  • Relatar como superou desafios no passado.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.