Início » Entrevista de Emprego » Saiba como falar sobre a trajetória profissional na entrevista de emprego

Saiba como falar sobre a trajetória profissional na entrevista de emprego

Imagem de candidato falando sobre trajetória profissional na entrevista

Saber descrever a própria trajetória profissional numa entrevista de emprego parece ser algo simples. No entanto, muitos profissionais encontram dificuldades em falar sobre suas experiências para o entrevistador.

O nervosismo e a falta de preparação para a entrevista são quase sempre os culpados.

Veja como falar corretamente sobre sua trajetória profissional na entrevista, como fazer uma redação sobre seu histórico profissional e saiba como impressionar o recrutador.

Por que saber falar sobre o histórico profissional é importante?

Quando uma pessoa passa por diversas experiências profissionais em sua vida, isso tende a enriquecer seu currículo.

Esse profissional geralmente tem mais confiança para assumir a vaga disputada e quase sempre se diferencia de candidatos inexperientes.

Além disso, por experimentar diferentes contextos, é possível cativar gestores visionários.

Saber falar sobre o histórico profissional é fundamental para ter sucesso na entrevista e conquistar a vaga.

E é justamente neste momento que o candidato terá a chance de contar sobre suas realizações, lugares que trabalhou e como cada experiência agregou em sua trajetória.

Tudo isso tem que ser dito de forma resumida. Ou seja, não é preciso se prolongar demais.

Da mesma forma, elaborar uma descrição escrita resumindo sua trajetória profissional também é importante, pois ajuda a criar um roteiro da descrição.

Como descrever a trajetória profissional na entrevista?

Saber como falar sobre a trajetória profissional é extremamente importante em uma entrevista de emprego.

Além da sua experiência ser avaliada, a forma como você fala de si também é analizada em uma entrevista de emprego.

Ou seja, todo o contexto da fala e do que é dito contam pontos.

Então, para saber o que fazer, como falar e como se portar, veja a seguir algumas estratégias que ajudam a construir uma boa descrição de trajetória profissional na entrevista:

Resumo

A trajetória profissional deve ser descrita de forma resumida, planejada e na linha cronológica dos acontecimentos.

Esse resumo deve ser bem escrito no LinkedIn, no currículo ou onde seu portfólio puder ser apresentado.

Com base nesta descrição, busque resumir a forma verbal dentro de um roteiro.

Roteiro

Roteirizar suas falas de forma resumida vai ajudar muito na descrição de sua trajetória profissional. Então, o primeiro passo é ter essa descrição escrita.

Outro ponto importante é não se estender na entrevista. Isso é fundamental.

Portanto, fale sobre os principais pontos e explique mais sobre uma experiência em determinada empresa somente quando o entrevistador perguntar. Eles sempre perguntam.

Seja objetivo

Ser objetivo na elaboração do resumo e do roteiro é fundamental. Dessa forma você garante que não vai se estender demais na entrevista.

Foque em sua formação, nos cursos e nas experiências principais. Se você domina um ou mais idiomas, destaque isso também.

Lembrando que o foco deve estar na trajetória profissional. Por isso, é fundamental ser objetivo.

Ensaie na frente ao espelho

Ensaiar na frente do espelho ou diante de alguém de confiança vai ajudar você a treinar o que irá falar.

O cérebro tende a memorizar melhor quando se pronuncia o que vai dizer em voz alta. Use o tom normal de uma conversa.

Esse é o mesmo processo utilizado por cantores, atores e atrizes.

Assim você pode corrigir palavras e identificar vícios de linguagem. O importante é corrigir todos os problemas com antecedência.

Saiba se expressar

Além de ter o resumo de suas atividades profissionais e formação em mente, roteirizado e ensaiado, é fundamental saber se expressar em todos os aspectos.

Vista-se de forma adequada, utilize palavras corretas, evite palavras de baixo calão ou gírias e mantenha a formalidade.

Dicas para a redação “minha trajetória profissional”

Em alguns processos seletivos é solicitado uma redação sobre sua trajetória profissional.

Muitos entrevistadores pedem essa descrição escrita para avaliar como o candidato escreve, o que ele enfatiza e como ele utiliza essa chance de escrever sobre si.

O correto é seguir a linha de redação dissertativa, com começo, meio e fim. Além disso, é importante seguir a linha cronológica de suas experiências mais relevantes.

Com base no resumo criado para descrever sua trajetória de forma verbal, você também pode se basear para escrever a redação.

Mas você não pode esquecer de respeitar as normas da língua, ortografia, sintaxe, estrutura (introdução, desenvolvimento e conclusão). Tudo isso é avaliado.

Se o recrutador orientar que deve ser um texto narrativo, a estrutura é mais simples e basta seguir uma linha cronológica satisfatória.

Lembre-se, saber escrever uma redação em uma entrevista de emprego é fundamental para conquistar a vaga.

Pensando nisso, a seguir você pode ver uma lista de dicas preciosas sobre como escrever uma redação com o tema “trajetória profissional” e se destacar:

  • Organize suas ideias em um esboço (se tiver esboço) e busque ser objetivo, focando nas experiências mais relevantes, nos cursos mais importantes e nos elementos que podem lhe destacar de outros concorrentes;
  • O fato de você dominar outra língua, um software específico, ter trabalhado em uma multinacional ou ter viajado para o exterior, devem ser mencionados;
  • Em uma redação dissertativa com o tema “trajetória profissional”, pense em uma proposta de opinião enfatizando mais a descrição de sua trajetória com começo meio e fim;
  • Enfatizar a tese de que você obteve know how ao longo das trajetórias descritas, o quanto isso lhe proporcionou crescimento profissional e pessoal, ajuda muito. Diga como está aberto a crescer cada vez mais;
  • Não se esqueça de colocar um título atraente em sua redação;
  • Faça uma introdução curta, objetiva e atraente;
  • Evite abreviações;
  • Não utilize gírias;
  • Utilize somente termos em inglês consagrados, como know how, expertise, ou outras palavras populares no Brasil;
  • Utilize letras legíveis, capriche na apresentação;
  • Não rasure a redação;
  • Se errar uma palavra, faça uma única linha reta sobre a palavra errada e escreva a versão correta entre parênteses;
  • Considerando que você terá a oportunidade de escrever a lápis e depois com a caneta, revise tudo antes de utilizar a caneta.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.