Início » Carreira » Veja como lidar com pessoas mentirosas no trabalho

Veja como lidar com pessoas mentirosas no trabalho

pessoas mentirosas no trabalho

Saber lidar com pessoas mentirosas no trabalho é importante para manter um bom relacionamento profissional na empresa.

Sendo inofensivas ou não, as mentiras são sempre prejudiciais ao ambiente de trabalho e podem acabar atrapalhando a todos.

Elas geram confusão, desordem, intrigas e favorecem um relacionamento de inimizade entre a equipe e empregador. E isso pode afetar o convívio entre os profissionais e o desempenho no trabalho.

Portanto, se você está passando por uma situação como essa, onde precisa lidar com pessoas mentirosas no seu trabalho, veja a seguir dicas de como lidar com as mentiras entre seus colegas na empresa.

Como lidar com pessoas mentirosas no trabalho?

O primeiro passo para lidar com a mentira é não ser o responsável por ela. Simples assim.

Por isso, você deve olhar primeiro para si mesmo e avaliar se você é um bom colega de trabalho.

Por exemplo, você promove um bom clima entre a equipe? Você conta mentiras no trabalho? Seu relacionamento com o chefe é sincero?

Após considerar esses aspectos, coloque em prática essas dicas para lidar com pessoas mentirosas no trabalho. Veja a seguir.

1. Descubra se a pessoa está de fato mentindo

É importante ter o cuidado de não fazer julgamentos errados sobre alguém. Então, certifique-se de que a pessoa está realmente mentindo antes de tirar essa conclusão.

Nesse caso, veja se você não entendeu errado ou interpretou de outra forma o que foi dito pela pessoa.

Por exemplo, saiba se ela não disse em tom de ironia ou piada. Além disso, confira se as informações que ela disse são verdadeiras.

2. Tente compreender a pessoa mentirosa

Antes de julgá-la por ter mentido, você precisa tentar compreender porque ela mentiu.

Uma pessoa pode mentir por vários motivos. Alguns exemplos são medo, vergonha, constrangimento, entre outras inseguranças.

Além disso, a mentira pode ser usada para obter algum benefício próprio.

Em todo caso, você não deve julgar sem antes saber o que motivou a pessoa a contar uma mentira.

Ela pode estar passando por uma situação difícil, de grande insegurança. Por isso, ela contou uma mentira para não ter que encarar o problema real, por exemplo.

3. Considere as consequências da mentira

Também é importante que você avalie as consequências da mentira que foi contada por seu colega de trabalho.

Se a mentira está relacionada com a vida pessoal dessa pessoa, não há porque você interferir ou se preocupar com isso.

Mas se estiver relacionado ao trabalho ou a outro colega na empresa, então você precisa considerar as consequências dessa mentira.

Um bom ponto de partida é responder as seguintes perguntas:

  • As mentiras podem prejudicar alguém?
  • Essa mentira trará benefícios para o mentiroso?
  • O que ele pode perder se a mentira for descoberta?
  • O que acontecerá com a sua equipe e com você se a mentira vir à tona?

Se a mentira contada por seu colega não traz consequências para a empresa e nem para a equipe, pode ser que expor o problema só irá prejudicá-lo.

Nesse caso, tente conversar com a pessoa, mas não participe de comentários maldosos. Isso só irá prejudicar sua imagem profissional.

Mas se houver consequências sérias para a empresa ou para outras pessoas, então você deve conversar com o seu superior para tirar essa história a limpo.

4. Não confronte o mentiroso

Caso seja necessário conversar com o mentiroso sobre a “inverdade”, chame ele para uma conversa o quanto antes.

Diga que você precisa resolver essa situação. Mas converse sem julgá-lo ou fazer acusações. Evite trazer situações que ocorreram antes dessa mentira.

Lembre-se, o objetivo dessa conversa é resolver o problema e não criar ainda mais inimizade com seu colega de trabalho.

Explique para ele que as mentiras afetam o convívio da equipe, que podem parecer inofensivas, mas que geram problemas para a empresa.

Se ele não quiser cooperar, colocar você contra a parede e ainda inventar calúnias sobre você, então a melhor solução é conversar com seu superior, como descrevemos no tópico anterior.

Também é uma boa ideia tomar cuidados com aquele funcionário puxa-saco. Esse tipo de profissional pode trazer problemas como desmotivação e criar intrigas na equipe.

COMPARTILHE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.