O que faz um CMO? Saiba tudo

COMPARTILHE
Imagem de reunião com CMO da empresa

Você sabe o que faz um CMO? Provavelmente você já ouviu falar sobre essa profissão, principalmente se tem interesse em atuar na área de marketing.

Mas para entender com clareza o que faz um CMO, é necessário conhecer os conceitos mais recentes do setor.

Por isso, preparamos um guia para você saber o que faz, quanto ganha e quais são os pré-requisitos necessários para se tornar um CMO.

O que significa CMO?

No mundo do marketing, temos o Diretor de Marketing, ou CMO (Chief Marketing Officer). Este é um cargo executivo ligado a todas as atividades de marketing de uma empresa.

Ou seja, será o CMO o profissional à frente de todas as atividades do setor. Sua principal missão é facilitar o crescimento e aumentar as vendas.

O que faz um CMO?

Em uma empresa, um CMO tem a função de coordenar os serviços de marketing. Geralmente responde diretamente ao CEO da companhia.

Naturalmente, cada empresa é diferente e a organização departamental e as funções do CMO podem ser diferentes ou divididas entre vários perfis.

Para ser bem-sucedido, um CMO deve focar na experiência e satisfação dos clientes. Por isso, seu principal objetivo é criar e manter o relacionamento de confiança com os clientes.

Antes, o marketing era muitas vezes visto como sinônimo de “criação de propaganda”. Neste cenário, o antigo Diretor de Marketing era um supervisor. Alguém que executava tarefas.

Mas isso sofreu uma profunda mudança com a chegada da era digital. Hoje, um CMO é responsável por lidar com os desafios de construir e manter a imagem de uma empresa.

Algumas de suas competências são:

  • Responde pela reputação da empresa nas redes sociais, em outras plataformas digitais e na internet em sua totalidade;
  • Deve estar atento às opiniões sobre uma determinada marca nos meios de comunicação de modo geral;
  • Deve conduzir estratégias para diferentes situações e veículos de comunicação, prezando pela imagem da empresa diante da opinião pública;
  • Mensurar a eficiência das ações de marketing;
  • Monitorar constantemente o mercado e se posicionar de forma inovadora;
  • Recrutar e coordenar a equipe de marketing;
  • Identificar nichos de mercado.
Imagem de computador mostrando dashboard com KPIs
A principal missão de um CMO é facilitar o crescimento e aumentar vendas. No dia a dia, um CMO lida com tarefas analíticas, criativas e interpessoais.

Quanto ganha um CMO?

De acordo com pesquisas de mercado realizadas recentemente, um CMO recebe em média um salário de R$ 18.817,00 somado a benefícios.

A variação de salário pode ir de R$ 1.450,00 a R$ 65.000,00. Os valores tendem a variar conforme o estado, a empresa e experiência profissional, além de outras exigências do cargo.

O que é preciso para ser um CMO?

O marketing é um ramo de atuação muito promissor e com planos de carreira duradouros.

A formação necessária para conduzir uma equipe com outros especialistas do setor também conta com a experiência deste profissional.

Por isso, para alcançar o cargo de Diretor de Marketing em uma grande companhia, é fundamental que o candidato comprove os seguintes requisitos:

  • Possuir graduação em marketing e/ou experiência no ramo em empregos com registro em carteira;
  • Ser um conhecedor de marketing digital, responsável por conduzir ao menos uma campanha bem-sucedida em mídias digitais (redes sociais, blog, vlog, etc.);
  • Deve dominar os conceitos atuais de Marketing de Conteúdo, apto a otimizar estratégias para as diferentes etapas do funil de marketing;
  • Deve comprovar experiência em papéis de liderança;
  • Saber assimilar dados intrínsecos que são atualizados constantemente, podendo conduzir o trabalho de toda a equipe com eficácia.

Habilidades necessárias

O CMO deve ser muito bom na forma de se comunicar verbalmente e em sua escrita.

Além disso, um dos fatores que as empresas mais valorizam em um candidato a Diretor de Marketing é a capacidade de intuição criativa.

Também é fundamental que o profissional demonstre ser capaz de levantar dados intrínsecos e gerar o KPI (Key Performance Indicator) correto para cada dado analisado.

Outro ponto importante é a habilidade de liderança. Afinal, para ser um CMO, é importante ter desenvoltura, saber lidar e gerir todo um setor.

Então, para quem possui interesse em se tornar um CMO/Diretor de Marketing, fazer uma graduação e especializações diante de todos os requisitos destacados é fundamental.

É preciso falar inglês para ser um CMO?

A área de marketing demanda profissionais cada vez mais especializados. Por exemplo: marketing digital, e-commerce, growth hacking, e por aí vai.

Portanto, um CMO que não fala inglês, provavelmente terá dificuldade em encontrar um bom emprego.

Dessa forma, o domínio da língua inglesa é algo quase obrigatório. Afinal, as principais multinacionais buscam profissionais para trabalhar com equipes internacionais.

As conversas em inglês com o CEO, por exemplo, são frequentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *