Como ter Boas Ideias

COMPARTILHE
Boas ideias

“Raramente as ideias surgem de repente da cabeça de uma só pessoa. Elas são resultado de várias conexões e levam algum tempo para ficarem prontas. O lado bom é que o ambiente em que vivemos nunca foi tão fértil para isso.”

Steven Johnson

De onde vêm as boas ideias?

A imprensa, o lápis, a bateria: estas são alguns exemplos de grandes ideias. Mas de onde é que elas vêm? Que tipo de ambiente é mais propício para o surgimento delas?

Steven Johnson citado como um dos mais influentes pensadores do ciberespaço pela Newsweek, New York Magazine e Websight identifica os padrões-chave por trás da inovação genuína.

A partir de Darwin e Freud para as salas de Google e Apple, Johnson investiga os centros de inovação ao longo do tempo moderno e tira as abordagens e semelhanças que parecem surgir em momentos de originalidade.

Ao contrário do que parece as melhores ideias não nascem em momentos de inspiração individual.

A história nos mostra uma versão diferente: as inovações criadas pela humanidade não resultaram de mentes superiores isoladas ou prodigiosos talentos. As maiores invenções precisaram de ambientes propícios onde pudessem florescer.

Confira o vídeo:


Dicas para ser mais criativo

A seguir listamos algumas maneiras simples de ser mais criativo e que podem ajudar a ter novas ideias:

  • Faça listas
  • Tente escrever livremente
  • Faça pausas
  • Reserve um tempo para ficar desconectado
  • Beba café ou chá
  • Ouça música nova
  • Mantenha contato com pessoas criativas
  • Veja filmes antigos ou estrangeiros
  • Descanse
  • Visite um lugar novo
  • Faça mais daquilo que te deixa feliz
  • Mantenha seu local de trabalho limpo e organizado
  • Pare de tentar ser perfeito
  • Divirta-se

“Se quiser ter uma boa ideia, tenha uma porção de ideias.”

Thomas Edison

14 Responses

  1. Tays Prates 21/04/2015 / 04:43

    Muito interessante o artigo. Parabéns!

  2. João Carlos 24/04/2015 / 15:01

    Muito legal. Realmente, raramente as ideias surgem de repente.

  3. Simone 22/05/2015 / 02:51

    Muito bom. Comprei o livro e estou adorando.
    Sempre acreditei que a colaboração é fundamental para o surgimento de boas ideias.

  4. Julia Legrand 21/09/2015 / 00:38

    Ótimo post! Bem legal.

  5. Beatriz Costa 17/12/2015 / 00:26

    Nesses tempos de imediatismo, onde parece que temos a obrigação de sermos eficientes, rápidos, criativos 24h por dia, ler essa artigo e assistir o vídeo me deixa mais tranquila para pensar e analisar meus projetos e ideias.
    Parabéns!

  6. Antônio Tabosa 17/12/2015 / 01:07

    Concordo que o ambiente é o principal responsável pelas boas ideias. Muitas das minhas ideias vem de trabalhar, de viajar ou de conversas com amigos.

  7. Edmea Nogueira 17/12/2015 / 02:01

    Muito bom..Gosto de ler artigos que tragam alguma informação relevante para a minha vida.

  8. Edson 17/12/2015 / 02:03

    Gostei muito. Onde encontro mais sobre esse assunto?

  9. Francisco das Chagas 21/12/2015 / 16:47

    Gostei do vídeo. Inspiração é importante mas colaboração é tudo!
    Grande abraço.

  10. Sergio Zanardi 12/03/2016 / 04:45

    Excelente texto. São as boas ideias que transformam o mundo em um lugar melhor.

  11. Gustavo Pessat 19/12/2017 / 03:23

    Não há nada melhor para desenvolver a criativiadade do que interagir e trocar ideias com outras pessoas. A curiosidade e a busca constante pelo novo também são fundamentais. Rotinas estagnadas acabam “matando” ideias e gerando improdutividade.

  12. Marta Vieira 20/12/2017 / 00:47

    Com relação às dicas para ser mais criativo, os dois últimos pontos para mim são os mais importantes. Dificilmente temos boas ideias quando buscamos a perfeição logo no início, do mesmo modo que não há nada melhor para o surgimento de ideias quando nos divertimos com o que fazemos.

  13. Arthur Rosa 10/04/2019 / 01:46

    A curiosidade é a porta da criatividade, é um incentivo para o cérebro buscar uma solução para o problema.

  14. Maria de Lurdes 30/04/2019 / 08:44

    Simplesmente adorei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *