Saiba como reconhecer uma vaga falsa na internet

COMPARTILHE
vaga falsa na internet

Com o aumento das ofertas de emprego na internet, o problema das vagas falsas se tornou uma realidade.

Afinal, não é tão fácil verificar se uma oferta de emprego é de fato verdadeira. Além disso, a pressa ou ansiedade para encontrar uma recolocação faz com que muitos candidatos não verifiquem o anúncio.

Então, para você não perder energia, tempo ou dinheiro, preparamos algumas dicas para reconhecer vagas falsas na internet.

O problema das vagas de emprego falsas

Embora a internet tenha ajudado muitos profissionais na busca por um novo emprego, ela também abriu as portas para golpistas, hackers e empresas inescrupulosas que criam ofertas falsas de emprego.

Muitas vezes, essas vagas falsas envolvem uma cobrança de um valor do candidato com base na promessa de um emprego. Em outros casos, o objetivo é coletar dados de contato para vender a outras empresas.

Na verdade, mesmo que o anúncio falso não cause prejuízo financeiro, o tempo e energia perdidos podem atrapalhar a busca e até desanimar o candidato.

Dicas para reconhecer uma vaga falsa na internet

Antes de mais nada, para se manter seguro, é aconselhável que você faça uma breve pesquisa sobre a empresa antes de se candidatar a qualquer vaga.

Por exemplo, verifique se a empresa tem uma página com as oportunidades em aberto. Além disso, compare as informações de contato do site da empresa com as informações que você recebeu por e-mail.

Veja Também: Empresas que contratam para trabalhar home office

Então, para não cair em armadilhas, veja algumas maneiras de descobrir se a oferta de emprego que você acabou de receber é verdadeira ou fake.

1. O anúncio da vaga direciona para um site estranho

Um sinal claro de que uma vaga pode ser falsa é quando o anúncio direciona para um site estranho, mal feito ou que não tem nada ver com emprego.

Portanto, algumas informações que você deve buscar no site são:

  • Endereço (confirme no Google Maps).
  • Página de contato com canais de atendimento (telefone fixo, e-mail, etc).
  • CNPJ da empresa (geralmente está no rodapé do site).
  • Página de “Quem Somos” com história e dados da equipe.
  • Links para redes sociais (veja se tem seguidores e o que estão comentando).

Muitos anúncios falsos levam o candidato para sites desconhecidos, com a intenção de coletar os dados de contato.

Geralmente o objetivo é montar um banco de dados para oferecer produtos ou serviços. Há casos em que os cadastros são vendidos para outras empresas.

2. Quando você se candidata recebe uma ligação imediatamente

Outro alerta vermelho. Se você se candidata a uma vaga e alguns minutos depois recebe uma ligação, então a probabilidade da vaga ser falsa é alta.

Nesses casos, geralmente alguém entra em contato para vender algum serviço.

Então, se isso acontecer, não assine nada nem informe nenhum dado pessoal. Talvez você tenha caído em uma armadilha.

Lembre-se: você não deve pagar por uma vaga. Nenhuma consultoria de RH séria é remunerada pelos candidatos, mas sim pelas empresas contratantes.

Entretanto, vale destacar que existe no mercado um serviço de recolocação, também conhecido como outplacement.

Esse serviço sim, é pago pelo profissional. Mas mesmo assim, nenhuma empresa séria usará um anúncio falso como isca.

3. O e-mail de contato é pessoal

Esse talvez seja um dos maiores indicadores de que a vaga é falsa.

Se o anúncio diz para o candidato enviar o currículo para um e-mail Gmail ou Outlook, por exemplo, as chances de ser uma vaga falsa são grandes.

Alguns golpistas criam e-mails tentando imitar os de uma empresa real. Eles fazem isso incluindo um hífen ou mudando algumas letras.

Então, sempre que você não tiver certeza, copie o e-mail faça uma busca no Google. Veja se alguém relatou algum problema ou reclamação sobre a empresa.

4. O anúncio não tem muitos detalhes

Se você encontrou um anúncio para o emprego dos sonhos que vale para qualquer perfil, cuidado!

Você deve desconfiar de vagas muito genéricas, sem detalhes. Talvez o objetivo delas não seja encontrar o profissional ideal.

Em muitos casos, essas vagas são um chamariz para uma empresa que deseja montar um banco de dados para vender serviços ou produtos.

Quer um exemplo? Veja este anúncio:

Ótima oportunidade para profissional de tecnologia com perfil generalista com mais de dois anos de experiência.

Quais são as habilidades necessárias? Qual é a formação exigida? Onde será o local de trabalho? É PJ ou CLT?

Portanto, se a vaga despertar muitas dúvidas, desconfie!

Então, se você desconfiar de um anúncio, verifique se existem reclamações da empresa ou pessoa que está oferecendo a vaga.

Com uma simples busca no Google você pode encontrar essas informações.

Para finalizar, é bom lembrar sempre que consultorias de RH não cobram nada do candidato. Da mesma forma, nenhuma empresa séria promete emprego em troca de pagamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *